Review: Eu, S.A.

Eu, S.A. Eu, S.A. by Gene Simmons
My rating: 3 of 5 stars

Nunca fui muito fã do Kiss, e menos ainda de Gene Simmons. Ele sempre me pareceu alguém prepotente, antipático e que não se importava com o fã e que só pensava em lucrar,

chegando ao ponto de comercializar papel higiênico com a imagem da banda. Confesso que o livro só fez reforçar minha teoria, com a diferença é que agora sei qual a origem desta ganância. O que mudou um pouco a minha concepção sobre a pessoa foi conhecer seu lado empreendedor, a fascinação de Gene por dinheiro é como poucos e beira a neurose, mas tem um bom motivo: sua infância na quase extrema pobreza em Israel.

O que ele intencionava ensinar é que você seja obstinado (e ele o é, ao extremo) e que economize o mínimo centavo possível e, claro, não deixe passar as oportunidades. Mas o que se vê é que se trata de uma pessoa extremamente mão-de-vaca, não há uma técnica. Muitas "dicas" que ele cita durante o livro quando ele ainda era pobre e arranjava namoradas lembra muito aquilo que o personagem Alan Harper de Two and a half man fazia na sitcom.

Um dos pontos que pode ser considerado desnecessário é citar a vida familiar e o seu "mea culpa" para sua vida conjugal.

Não espere técnicas de empreendedorismo ou gestão, Sr. Simmons só fala sobre ele mesmo (sim, o título condiz com o conteúdo neste sentido). É visível que se trata de uma pessoa egocêntrica demais para tratar sobre qualquer outro assunto que não volte para ele mesmo e o quanto ele é tão bom naquilo que faz, ou seja, dinheiro.

View all my reviews