Comercial "Hitler" da Folha de São Paulo



See the commercial that is Considered one of the 100 best commercials of the world. Created by Nizan Guanaes in 1987.

Sobre o comercial:

Um Dos 100 Melhores do Mundo-Hitler-Folha de SP
Em meados de 1986 Washington Olivetto saia da DPZ para se associar aos suiços na W-GGK. Convidava para assumir a criação da nova agência Nizan Guanaes, Camila Franco e Gabriel Zellmeister, talentosos criadores que viviam o seu melhor momento profissional. Foi nesse contexto de novidades e muito mimo da mídia especializada que a agência criou um dos melhores comerciais brasileiros de todos os tempos: “Hitler” para o jornal Folha de São Paulo, veiculado em 1988. A criação foi do Nizan Guanaes, que se debruçou sobre toto tipo de literatura em torno do III Reich para construir um belo discurso que faz o contraponto entre a verdade e a mentira, sustentada a partir de meias verdades.
Olivetto empolgou-se com o roteiro que previa originalmente uma mão invisível riscando os traços numa tela de vidro, mas Zellmeister achava que faltava alguma coisa, opinião referendada por Andrés Bukowinski da produtora ABA filmes que propós substituir a mão invisível pelo recurso de uma cãmera fechada sobre um ponto negro, desvendando aos poucos uma retícula, ou seja o pontilhado de que se compõe a foto de um jornal. Houve discordância inicial de Nizan e precissou Olivetto intervir para decidir em nome do grupo a favor da técnica proposta por Bukowinski. Avaliado o resultado final todos concordaram que foi a opção certa. O filme conquistou o Grand-Prix do Prêmio Profissionais do Ano da rede Globo, Ouro no Anuário do Clube de Criação de São Paulo, Leão de Ouro no Festival de Cannes. dentre outros prêmios.
Mas o seu maior reconhecimento veio com a escolha, por Bernice Kenner, para figurar no rolo do 100 melhores comerciais do mundo; apenas dois filmes brasileiros selecionados.
Texto de Nelson Cadena
Fonte: http://www.almanaquedacomunicacao.com.br/artigos/620.html