Pagu insurgente que combateu distames varguistas










Patrícia Galvão: uma insurgente que combateu os ditames varguistas, misóginos, iconoclastas do século XX.http://brochurasdeumamenina.blogspot.com/2010/07/patricia-galvao-uma-insurgente-que.html



Entre suas produções ficcionais, artigos jornalísticos, arranjos, militâncias políticas, narrativas autobiográficas, Patrícia Galvão apresentou discussões, personagens, performances que confrotaram violências instituídas pelo estado, projetos normatizadores de identidade nacional desdobrando as possibilidades de atuação da literatura, jornalismo e política. Uma insurgente que combateu os ditames varguistas, misóginos, autoritários, iconoclastas do século XX.
(Ludimila Moreira Menezes)
_______________________________________________________________________

Casa das Rosas dedica os meses de junho e julho ao centenário de nascimento de Pagu: 

Fonte: Casa das Rosas

PAGU 100: Julho e julho de 2010


Nos meses de junho e julho, em celebração ao centenário de nascimento de Patrícia Galvão (1910-1962), a Casa das Rosas visita Pagu. Convidamos a todos para participarem das diversas atividades, apresentações, oficinas, reflexões e releituras das múltiplas facetas dessa poeta, intelectual, militante política e jornalista. Acompanhe a programação e conheça um pouco mais da história, obras e pensamento de Pagu.

Rudá K. Andrade


EVENTOS ESPECIAIS

100 ANOS DE PAGU

Com dra. Lúcia Maria Teixeira Furlani e Frederico Barbosa.

Quarta-feira, 9 de junho, 18h.


Apresentação da programação do centenário de Patrícia Galvão e leitura de textos inéditos pela atriz Miriam Freeland.


ADMIRÁVEL PARQUE INDUSTRIAL

Com Lívio Tragtenberg.

Sextas-feiras, 11 e 18 de junho; 16 e 23 de julho, 20h às 21h.


Uma rapsódia de transfiguração sonora e visual a partir do romance Parque industrial (1933), de Patrícia Galvão, com vídeos, música e voz ao vivo. Vídeos de Roberto Moreira e Georgia Costa.


ANGU DE PAGU

Sábados, 24 e 31 de julho, 20h.

O espetáculo conta a história de diversas "Pagus" em seis momentos marcantes de sua vida.

Direção e concepção: Gal Martins.

Intérpretes-criadores: Cléia Varges, Felipe Santana, Jean Valber, Barbara Santos, Lenny de Sousa, Marcela Teixeira, Mazé Soares, Rodrigo Cândido e Welton Silva.

Coreografia: Gal Martins e intérpretes-criadores.

Coreógrafo convidado: Antonio Marques.

Assistência de coreodramaturgia: Adriana Coldebella e Siva Nunes.

Preparação corporal: Érika Moura.

Orientação de pesquisa biográfica: Gisleide dos Santos.

Trilha sonora: Gunnar Vargas.

Figurino: Gisleide dos Santos.

Produção: Marina Hohne.

Adaptação de textos: Siva Nunes e Welton Silva.

Fotos: Érick Diniz.


PROJETO REVISTA CULTURAL

Com Os Babilaques.

Sábado, 26 de junho, 20h.

A primeira "Edição Especial da Revista Cultural" será dedicada a Pagu, uma das pessoas mais controvertidas e intensas do século XX.



Sexta-feira, 30 de julho, 20h.

No mês de julho, show especial dedicado inteiramente aos poetas marginais contemporâneos.


MESAS-REDONDAS


PAGU NO CINEMA

Com Rudá K. Andrade e Pedro Paulo Rocha.

Terça-feira, 22 de junho, 20h às 21h30.


PAGU NO JORNALISMO

Com Márcia Costa e Juliana Neves.

Terça-feira, 29 de junho, 20h às 21h30.



PALESTRAS


PAGU NA DRAMATURGIA

Com Christiane Tricerri.

Terça-feira, 8 de junho, 20h às 21h30.


Discussão sobre o interesse de Pagu pelo teatro nos últimos dez anos de sua vida.

PAGU: TRAVESSIA PARA DIFERENTES PAIXÕES

Com dra. Lúcia Maria Teixeira Furlani.

Terça-feira, 15 de junho, 20h às 21h30.


Os vários momentos de Pagu como musa da terceira geração do Modernismo brasileiro, política militante, dissidente política, jornalista e escritora.

*Esse texto tem que sair


REVELAÇÕES DE PAGU: EM TORNO DE ESCRITOS AUTOBIOGRÁFICOS

Com Gênese Andrade.

Terça-feira, 6 de julho, 20h.

Reflexões sobre a autobiografia, as fronteiras entre ficção e confissão, tomando a vida e a obra de Pagu como exemplo.

PAGU

Com Maria de Lourdes Eleuterio.

Terça-feira, 13 de julho, 20h.



A atuação de Pagu como jornalista e desenhista do jornal O Homem do Povo (março/abril de 1931).

O JORNALISMO DE PAGU

Com K. David Jackson.

Domingo, 1º de agosto, 20h.

O jornalismo de Pagu durante 30 anos de atuação em São Paulo e Santos.


EXPOSIÇÃO

VIVA PAGU

Curadoria: dra. Lúcia Maria Teixeira Furlani.

Colaboração: Geraldo G. Ferraz e Rudá K. de Andrade.

De terça-feira, 1º de julho, a domingo, 8 de agosto.

Abertura: 1º de julho, 20h.



Em 2010, Pagu completaria 100 anos. Em sua homenagem, a Casa das Rosas, em parceria com a Universidade Santa Cecília, de Santos, recebe a exposição "Viva Pagu". Na abertura, será lançado o livro Viva Pagu – Fotobiografia de Patrícia Galvão, de Lúcia Maria Teixeira Furlani e Geraldo Galvão Ferraz (Unisanta e Imprensa Oficial)

CURSOS BIMESTRAIS

30 vagas.

Inscrições na recepção da Casa das Rosas, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. Documentação necessária: Foto 3x4; xerox do RG e do comprovante de residência. Com entrega de certificado (mínimo de 70% de frequência). Taxa: R$ 10,00.


LITERATURA E POLÍTICA: A OBRA DE PAGU

Com Bianca Ribeiro.

Terças-feiras, 1, 8, 15 e 22 de junho, 19h30 às 21h30.


O curso tem como objetivo a análise da obra literária e dos textos jornalísticos de Patrícia Galvão.

FACE A FACE COM PAGU

Com Susanna Busato.

Sábados, 19 e 26 de junho; 3, 10 e 17 de julho, 15h às 17h.

Encontros com Pagu para aqueles que não a conhecem e desejam descobrir as faces dessa mulher. No dia 3 de julho, haverá a exibição do filme Eternamente Pagu.


MEIO-DIA MOVIOLA

CINE PAGU

Quintas-feiras, 8, 15, 22 e 29 de julho, 12h30.

Filmes indicados para maiores de 18 anos.


8 – Eh, Pagu, eh.

15 – Pagu – livre na imaginação, no espaço e no tempo.

22 e 29 – O homem do pau-brasil.





0 COMENTÁRIOS:






POSTAR UM COMENTÁRIO