Casamento de Pagú e Oswald


Em 1930, Oswald de Andrade e Patrícia Galvão, a Pagu, se casaram no cemitério da Consolação, em São Paulo. A cerimônia foi mais uma das excentricidades dos modernistas.

"Nesta data contrataram casamento a jovem amorosa Patrícia Galvão e o crápula forte Oswald de Andrade. Foi diante do túmulo do cemitério da Consolação, à rua 17, número 17, que assumiram o heroico compromisso. Na luta imensa que sustentam pela vitória da poesia e do estômago, foi o grande passo prenunciador, foi o desafio máximo", registraram o evento.

Em "Amores Proibidos na História do Brasil", o jornalista e historiador Maurício Oliveira reuniu alguns dos romances mais polêmicos que aconteceram em terras brasileiras.

Para escrever o livro, "pensei na trajetória de Oswald, de Domitila [marquesa de Santos] e dos outros 12 protagonistas. Lembrei dos desafios, das reviravoltas e dos dramas que cada um deles enfrentou", conta.

Além de Oswald de Andrade e Pagu, d. Pedro 1º e marquesa de Santos, as histórias de João Fernandes e Chica da Silva, Giuseppe e Anita Garibaldi, Joaquim Nabuco e Eufrásia Teixeira Leite e Chiquinha Gonzaga e Joãozinho compõem o volume.

Continua em: http://www.historia.net.br/2012/02/leia-um-trecho-do-livro-paixoes.html

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/1049243-pagu-e-oswald-de-andrade-se-casaram-no-cemiterio.shtml